Meio Termo

by Chuva Negra

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $5 USD  or more

     

1.
2.
3.
4.
5.
01:58
6.
01:32
7.
8.
9.
02:01
10.
11.
12.
13.
14.
15.

about

Segundo álbum do quinteto paulistano gravado entre outubro/13 e março/2014 no Estúdio Rock Together. Gravado por Vinícius Souza e Gabriel Scatolin que também mixou e masterizou o disco.
A arte da capa é assinada por Lucas Cabu e as fotos contidas no encarte por Leandro Asai.

credits

released April 11, 2014

tags

license

all rights reserved

about

TogetherRecords Sao Paulo, Brazil

contact / help

Contact TogetherRecords

Streaming and
Download help

Track Name: A todos reaças que eu amo
Dormiu com os anjos? imagine como estou feliz que acordou depois de anos. Eu ouço a mesma história. Você dormiu e perdeu a memória. Me admira ver alguém que eu gosto tanto todo errado. E ainda insiste em achar que isso é um jogo: Direita / Esquerda. Não posso mais estar do seu lado, do lado em que está: Equivocado! Melhor deitar na sua cama e pode voltar a sonhar. 'Me inclua fora dessa', eu não sou igual a você.
Track Name: Conheça seus vizinhos
Eu passo pela sua porta mas, quem mora ali? Eu ando sempre apressado e eu nunca te vi. Eu posso até acenar, eu posso até fingir. Só não me peça favores se eu nunca te pedi. Apenas um cidadão de bem que trabalha pra sustentar o seu. A sua família pra lá e minha família aqui. Nós somos todos por um mas cada um por si. O que quer dizer por “senso de comunidade”? Eu não sei! Quem te obrigou a vir morar nessa cidade? Não fui eu! Deixa eu soltar essa gravata, eu tô passando mal.
Track Name: Você não é especial
Agora que caiu a ficha, todos nossos planos nunca foram planos seus. Vai dizer que foram minhas escolhas, tive o livre arbítrio e isso é problema meu. Por entre o vale do mal sobrevivo a você. Nunca fui especial nem tive grande sucesso. “Supere seus limites”, “amplie seus horizontes”. “Voe mais alto, você pode ir mais longe!” Nah! Se vai me foder, ao menos pague um jantar e me faz um carinho assim. Você ensinou que eu deveria plantar mas que eu não colheria no fim.
Track Name: Esmalte escarlate
Subi tropeçando nas escadas, não te deixei dormir e nem ouvi você falar.
Deitei disparando gargalhadas, nem sei como eu cheguei, mente fora do lugar. Sem mencionar as noites em que eu deixei cê preocupada, eu tô na estrada, eu sou desajustado, eu sei. Mas hoje eu vou driblar a vida no sereno e aos seus braços é onde eu realmente devo estar. De que vale a vida se ela não for junto a você?
Track Name: Dois quartos
Eu refiz as contas, 10 anos passam num estalo. Eu sinto o peso de ter vivido 10 em cada um deles. Botei nos papéis: devo achar um meio termo, correr o risco de viver os próximos 100 anos. - Toda vez cê passa mal! - Eu sou o primeiro! - Toda vez cê passa mal! - O último a sair! - Toda vez cê passa mal! - Eu sou o primeiro! - Toda vez cê passa mal! É hora de dizer para a paranoia: não para. Eu refiz as contas, mudei os planos, revi os erros. Botei nos papéis, mais uns 100 anos, um meio termo. Um ano inteiro, um meio termo.
Track Name: Mão de fogo
Olá! Sabe onde está? Achamos que talvez não fosse levantar, sair de vez desse lugar. Já tá jurado, beat acelerado. É bem mais fácil tentar quando se tem alguém tentando te empurrar. 30 horas atrás esteve fora do ar. Deve ter sido a paulada na cabeça que nós tivemos que lhe dar. Alguns fingem que nunca estiveram aqui, outros cruzam a linha de subsistir. Seja lá qual for a sua história, que fique claro: Não haverá mais uma vez! Bem-vindo ao último dia do resto da sua vida. Melhor pensar como vai ser. Ou senão nosso próximo encontro não será tão feliz.
Track Name: Bolas pra assumir
1980 e... tem esse cara correndo em cor-de-rosa, meus amigos correram pra pegar também. Ouvir os ossos quebrando me fez vomitar e essa merda nunca vai sair da minha cabeça. 1990 e tal...20kg a mais, pronto pra brigar, nós vimos um casal se desentender, nós batemos nele até quase morrer. Não é a toa não que eu me meti nessa porra, é um escolha que dura mais que a metade da vida.
Track Name: Amanhã vai ser pior
Estou juntando as moedas pra poder pagar o café. Também não estou medindo esforços pra dramatizar. Foi a vida que escolhi, vivo bem e às vezes acho que eu parei de melhorar. Não posso mais viver como se fosse a última vez, amanhã vai ser pior. Não posso mais viver a vida como se eu não fosse três. Amanhã vai ser pior. Eu vejo gente trabalhando pra não definhar. Eu vejo gente agonizando pra não trabalhar. Tem dias que o sol demora pra se por. Em outros você vira as coisas e ele já se foi. Espero poder encarar os dois, amanhã vai ser pior!
Track Name: Ligoligo
De tarde vamos ver o mar, não sei o quanto vou durar. Pegou seu protetor solar? Não deixe sua mãe se atrasar. Oh, não.... Eu me atrasei! Tem tanto assunto entre nós dois, não posso deixar pra depois... as coisas que vai descobrir mas nem por isso estou aqui. É pra dizer: Obrigado por você me fazer existir. Você não deixa eu desistir. Nenhum homem vai dizer o que vestir; Nenhum deus irá temer ou te punir. O Estado nunca vai te proteger nem muito menos te servir. Não é bem o mundo que eu quis deixar pra ti mas nunca deixe de tentar ser mais feliz.
Track Name: Refém de ontem
Aprendi com você: "Só se vive uma vez". Toda frase é clichê até te acontecer. "Só se vive uma vez." Fizemos as promessas entre os dez até os dezesseis, achei que duraria até envelhecer. "Só se vive uma vez". Quando se tem só dezesseis se tem a eternidade. Ontem, por mais que eu renegue ainda sou seu refém. Eu sei que eu quebrei minhas promessas também. Eu sei de tudo mas não contei pra ninguém. Ontem, por mais que eu renegue ainda sou seu refém. Eu sei de tudo mas não contei pra ninguém. "Só se vive uma vez"! Você ligou, não atendi... hoje eu exalo saudade... Ontem, por mais que eu renegue ainda sou seu refém. Eu sei de tudo mas não contei pra ninguém. Hoje, queria que minha filha fosse te conhecer e, embora isso nunca venha a acontecer... Eu sei de tudo mas não contei pra ninguém.
Track Name: Grau de autismo nº1
Eu não sei como lidar.
Track Name: Rodrigo Márcio
Finalmente a aumentar as suas despesas, agora era alguém feliz. Conseguiu uma promoção esmagando umas cabeças, era o que sempre quis. Decidiu comprar um lar mesmo que levasse a vida inteira pra pagar. Fazer a compra do mês e efetivamente arrotar seu caviar. Iria deixar de lado velhos amigos do bairro, não mais sequer aparecer. Queria comprar a mistura, esquecer a vida dura de pertencer à Classe C. Mas a corporação quebrou. "Por contenção de gastos houve uma redução no quadro de funcionários." Só não achei que fosse resolver com a pior fórmula possível. Sua família não entendeu porque tinha sangue por todos os lados.
Track Name: Esta casa mata fascistas
Essa semana nos deixou pra trás e ainda não é o fim do mês. Essa inocência pode nos matar, gastando tudo de uma vez. Por que não senta pra tomar café? Me conta o que hoje vai fazer. Hoje é você quem sai pra trabalhar, eu cuido dessa louça. A vizinhança vai nos difamar. "Porque talvez não transem tão bem". Hoje é você quem vai cuidar do lar enquanto eu caço nazis. Vão dizer que não estamos bem assim. Cuido de você e você de mim. Nossa casa nossa música! Vão dizer que não estamos bem assim. Cuido de você e você de mim. Nossa casa nossa música! Não importa quão doce for o lar, sempre haverá alguém pra apontar. Mas não passarão, não chegarão na porta!
Track Name: O destino cabuloso do gay nazi e do negro homofóbico
Num bairro periférico longe de ser burguês, garotos e garotas se divertem com o que tem. Sem medo, não imaginam os adultos que vão ser. "Quem é que nasce podre? Eu acho que ninguém". "Filho meu não vai andar com gente assim. Isso não é coisa de Deus." "Não deixa chegar perto, eles têm seus problemas, não são problemas seus." Um não sabe lidar com cor, o outro odeia gays. Mas onde isso começou não sabem responder. Duas minorias que poderiam se entender e juntos, ir além. "Me encontra atrás de nossa velha escola pra resolver de uma vez. Pra empatar essa história, alguém aqui tem que ceder."
"Chega mais perto pra eu ver você, isso vai doer mas será um prazer. Tudo que eu te fizer você faz também, vou te tratar bem." "Tenho algum dinheiro pra gente sumir, isso aqui é um inferno, nunca mais te vi sorrir."
Track Name: Testemunho de nada
Desmantelei minhas verdades, eu nunca achei que um dia fosse acontecer. Eu transitei entre o céu e o inferno em 10 minutos ou um pouco mais, vi meu rebento nascer e quase morrer. Eu deveria então me converter pelo milagre? Se ela não voltasse da sua mão, fatalidade. É complicado mandar recado assim pelos rebentos meus. É complicado, tá ouvindo? Tá ouvindo?
Teve a sua chance de manifestar a sua presença. Eu entendi que estava a conversar comigo mesmo. Eu me abstenho.